31 de jul de 2008

Confesso que os ultimos dias causaram-me uma enorme aflição, cheguei a acreditar que estava enlouquecendo. Nessa aflita loucura esquadrinhei minha vida e lembrei de uma frase, quase assim: ''Nínguem que não abandone tudo para trás, segue em frente''. Hoje eu até entendo o sentido, o meu sentido, ainda assim, as vezes acredito estar indo para a esquerda, ou direita, mas não em frente.

'Tá' certo, cada um leva a sua própria cruz, mas até mesmo Jesus teve ajuda com a sua. Jesus lavou os pés de seus discípulos, o rei lavando os pés de seus servos. Acho que estou tentando dizer que se você me ajudar, lavarei os seus pés.


Percebi que as vezes essa cruz fica pesada em determinados trechos, que, por indesejada imprudência chega a pesar ao meu próximo, como se na falta de força e de ajuda, eu encostasse minha cruz no ombro do próximo.


Por exemplo. Dani, é um amor de pessoa, tem me ajudado muito, ela escuta tanto eu falar sobre minha cruz, que acabei por fazer pesar a dela. Me perdoa. te agradeço pela ajuda, você ajudou-me a carregar um 'tanto' esta cruz, por mais um trecho, tenho uma dívida com você, meu ombro estará disponível, se em algum trecho sua cruz pesar.


Bom, elucidando, inocência é algo relativo, amizade é espiritual e todo desejo carnal antes é espiritual, mas primeiro o desejo espiritual deveras. Vencer incontinenti.

Preciso respirar enquanto há tempo.

DEUS SEJA LOUVADO.

Nenhum comentário:

Não deixe de comentar.
Jesus nos guie.

Visitantes