19 de jun de 2009

A cura do coração é o amor


Eu tentei dormir, acordei querendo escrever, são muitos os pensamentos, espero que isso te ajude.
Seria loucura entender os caminhos da vida, quem é que conhece o amanhã?
É tão grande pecado querer saber sobre os caminhos da vida? Querer entender o por que das escolhas do homem? Por que escolhemos sofrer a amar e amar a sofrer? Por que deixamos de amar quem nos ama ou por que amamos que não nos ama?
Seria tão simples se a prática fosse como na teoria. Estariamos sempre com pessoas que nos amam e retribuindo esse amor a elas, não é assim. Nós abrimos mão do dever de ser feliz, por que? E por que querer saber o por quê das coisas?
As vontades que apertam o peito, por que permitimos que essas vontades doam no peito? Em tudo deviamos agradar o nosso coração, somos livres pra isso, e se Hoje eu tomei uma atitude foi querendo agradar meu coração, que doía em meu peito. O que é tempo perdido nessa vida, se não somente aquele tempo em que nos privamos de realizar as vontades do nosso coração?
Não deixe de satisfazer o seu coração. Por que aborreceria a si mesmo?
Viva cada Hoje como se não existisse "Hojes" futuros ou passados, não podemos nos livrar dos pensamentos que aborrecem, mas podemos substituí-los por pensamentos que agradam. Não seria a vida sonho de sonhos?
Partindo ou ficando é isso que sou, um sonho, que quando se abre os olhos já não se pode ver e quando os olhos se fecham é que estamos vendo.
Seria fácil demais dizer pra você, vai e ama, sendo eu mesmo tão incapaz diante do meu coração que aperta o peito, tendo que me aliviar com palavras aqui, nesse recanto dos meus segredos mais profundos. Eu não poderia deixar de tentar, porque nada sei sobre o amanhã e por isso tento Hoje. Por que me cuido com as palavras e me preocupo em não te dizer o que realmente espero de você? Isso eu faço como sábio, escondendo meus reais intentos para que ninguém os roube.
De DEUS nada posso esconder, DEUS é o porquê dos meus "por quês" e se Hoje Ele te fez sentir o coração apertar no peito, por que deixou que apertasse diante da satisfação e do amor que me doia o peito também? Doem os peitos e não se resolvem as dores. E por que andaria o sábio junto do tolo? Ou o que ama junto do que não ama?

2 comentários:

Anônimo disse...

Por que?Por quê?Porque?...Hahaha!

A questão de amar quem não nos ama,e não amar quem nos ama,é complexa,as respostas que nos são dadas insatisfatórias,porém "aceitas".
Gostaria de entender as razões que nos levam a amar uma pessoa antes mesmo de conhecê-las internamente,conhecer e entender seus preceitos e ideologias,e etc...

"O Amor vem de Deus."

Por que(lá vem o por que de novo)Deus não fez uma pessoa predestinada a outra,assim viveriam felizes para sempre,e assim seria.
Ou não? ^^
Que viagem!!

Michele

Anônimo disse...

Ahhh,as vontades que apertam o peito...ahhh!

Não deixe de satisfazer seu coração???
Satisfazê-lo às vezes,não depende somente de uma pessoa.

Mii :)

Não deixe de comentar.
Jesus nos guie.

Visitantes