15 de set de 2009

O amor é como uma bicicleta.


Há pessoas que não gostam da sua e há pessoas que não sabem usar sua bicicleta.
Há pessoas que usam um pouco e logo estragam com ela, existem pessoas que preferem a bicicleta de outrem.
Existem pessoas que deixam suas bicicletas enferrujarem.
Existem pessoas que não sabem andar de bicicleta e existem aquelas que nunca andaram.
Existem pessoas que têm medo de se machucar com a bicicleta e por isso nunca andaram em uma........
Existem aquelas que usam suas bicicletas com cuidado, para que um dia até o filho venha a usá-la, isso é lindo.
Há pessoas que insistem em ter uma, e quando conseguem simplesmente esquecem o quanto insistiram para que a tivessem, isso é triste.

Há pessoas que não dão valor em suas bicicletas, algumas pessoas preferem carros e outras motos, mas quem dá valor na sua bicicleta, sabe que ela causa menos problemas e mais benefícios, para a saúde e para a alma.
Existem pessoas que não sabem ainda e nem sonham com o que sua bicicleta é capaz de fazer, e até onde ela pode te levar!
Colocar graxa as vezes é bom, graxa em excesso estraga a corrente e sem graxa a corrente se quebra fácilmente.
No começo, você aprende a andar usando rodinhas, com o tempo, já não precisa mais delas, mas tenha cuidado pra não cair, você só deve abandonar suas rodinhas quando tiver certeza de que não cairá!

DEUS te abençoe em nome do Senhor Jesus. Amém.

Um comentário:

migirelli disse...

Ótimo texto Marlon.

"Graxa em excesso estraga a corrente e sem graxa a corrente quebra facilmente."

Certíssimo.

Mi.

Não deixe de comentar.
Jesus nos guie.

Visitantes