1 de nov de 2009

Algum dia, algum mês, anos atrás.

Ele estava lá, naquela velha rotina, muito antes de se preocupar com essa preocupação, rotineira.
Quando ainda sujava os dedos na areia da pracinha, era verdadeiramente feliz porque não sabia e não buscava saber. Na inocência de seus dias, vivia.
Sempre indo ali naquele "video-game por hora", conhecia todos os jogos, desde pequeno nascera de fronte a um 'console', o primeiro fora o NES, logo antes do SNES (onde sabia achar todas as chaves do Super Mario Bros), e ficava horas, CD por CD. No Mario Party fazia bolhas nos dedos, no The King of Fighters dominava todos os secretos e abria todos os personagens, fazia perfect no Boss, no Final Fantasy ficava acordado 24hrs, da dança da Rinoa com o Squall até o beijo de Yuna e Tidus. Mesmo nos Emuladores e Gamesharks para computadores portáteis, realizava um combo perfeito com a Blue Mary no teclado. Gostava de todos os Animes, crescera vendo Fly na televisão, Street e Cavaleiros, Yu Yu e Dragon Ball, Naruto e Death Note, mas também gostava dos filmes, Akira, Castelo Mágico, A Viagem de Chihiro e o Voô do Dragão do imortal Bruce Lee, de quem ele até imitava uns golpes, com maestria. Nessa época ele não se importava ainda com a audição, dava mais atenção a visão e a outros sentidos e não percebia que na verdade, em todos os seus jogos e desenhos e manias e devaneios ele estava constantemente com som nos ouvidos.
Seu irmão escutava muito Dance e Tecno, daqueles primeiros que você comprava da Jovem Pan e da Transamérica, viajava o irmão, então ele aprendeu a escutar melhor, de qualquer forma seu irmão gostava de música alta em casa, aprendeu isto também, escutar música alta. Então ele se viu na Era da Música Eletrônica, conheceu o Skazi, aquele primeiro carinha de quem ouviu falar, escutava todos os dias aquelas repetitivas melodias todos os dias as mesmas melodias, até descobrir que uma daquelas melodias na verdade era de outro DJ, GMS, aqui ele aprendeu a gostar de PSY, daqui em diante ele conhece Dali, Yasser, Astrix, P.A, 1200 mic's, Dnox, Beckers, Sesto Sento e não parou mais. Ele que já cresceu comendo cogumelos para crescer, Amanita Muscaria vulgo "toady" do Mario Bros, os verdes davam vida, aquelas velhas músiquinhas psicodélicas do joguinho, não conseguiu evitar, conheceu as drogas.

Nenhum comentário:

Não deixe de comentar.
Jesus nos guie.

Visitantes