5 de nov de 2013

A vida é
viver de qualquer jeito?
Jeito maneira!
Ser mané, mané.

Falar confuso pra fingir saber
que é alguma coisa sem ser,
conhecendo sem conhecer
e morrendo sem morrer.

Todos os amores passaram
e a tristeza ficou,
realmente passou?
Ficou.

Lembro dos dias de inocente,
dos primeiros dentes,
estrela cadente
e até do desejo,
dos beijos e promessas.
Pra que a pressa?

--------------------------

Se nosso amor fosse medido em unidade de volume acredito que seria o Litro.
Que chegaríamos a uma certa idade com uma quantidade de alguns litros de amor e que cada lágrima, cada gota derramada, nos faria falta um dia. Talvez cuidássemos mais se enxergássemos o amor em quantidade, seja qual for.

Nenhum comentário:

Não deixe de comentar.
Jesus nos guie.

Visitantes