28 de jan de 2014

Vou pra Fiji

Poesia anestesia agonia noite dia.


Não faço das minhas palavras comércio, nem dos meus pensamentos objeto.
Minhas ideias não tem fim, porque o fim das ideias é o fim da alma.
Não existe Nirvana porque é impossível deixar de pensar, aquele que deixa de pensar também deixa de viver, porque recordar é viver, recordar é pensar.

Filosofia filosofia filosofia bla bla bla bla e tu nem me conheces, não sabes que eu prefiro malzebier, não sabes que gosto de instrumento e não de vozes, e que o barulho do vento nas palmeiras me acalma, os segredos da minha alma nem eu sei, ainda mais num texto, compre um bom quebra-cabeça, vai ser mais fácil do que quebrar a cabeça tentando entender isto, se não compreendem quando vos falo das coisas mundanas quem dirá das espirituais.

Eu bebi e fumei e me droguei, mas também aprendi a observar os que fazem isso, foi fazendo isso que me livrei, não precisamos esperar o fim para prevê-lo, a sabedoria extrai conhecimento da experiência alheia, porque só o simples é que precisa aprender experimentando por si mesmo, o sábio aprende observando o simples que experimenta, tão logo o tolo nunca aprenderá ainda que se lhê dê setenta vezes sete chibatas ou que se lhê perdoe setenta vezes sete seus pecados e sabe por que? Porque nunca se colherá uvas de um espinheiro.

Eu nunca tive coragem de terminar um livro, eu sempre cheguei até a metade dum segundo capítulo e desisti, mas acredito que se juntasse todos os primeiros capítulos daria um ótimo livro, as crônicas de um mancebo qualquer.

Somos pó, cinzas e EGO.

Alguns são EGO, cinzas e pó.

O ego não é ruim, ter ego é como amar a imagem refletida no espelho e o bom nisso é que ela nunca te abandonará, ela irá envelhecer ao teu lado, ela vai estar sempre contigo, nos bons e nos maus momentos, haja o que houver, como disse o cantor, ninguém ira sorrir por você.

Minha boca esta fechada mas meus olhos estão sorrindo.

Nenhum comentário:

Não deixe de comentar.
Jesus nos guie.

Visitantes